Backup na Nuvem ou nuvem de armazenamento: 8 mitos que você precisa conhecer!

Segurança by Allanis Networks Tags : ,
nuvem de armazenamento

A nuvem de armazenamento se tornou a queridinha da informática moderna. A facilidade de colocar seus arquivos em um lugar acessível de qualquer ponto conectado à internet vem transformando o backup na nuvem quase que numa obrigação, seja para empresas, seja para usuários domésticos.

Por ser um assunto relativamente novo, alguns mitos acabaram sendo criados e, rapidamente, disseminados entre os quatro cantos do mundo graças à incrível velocidade com que nos comunicamos hoje.

Esses mitos acabam impedindo que muitas pessoas decidam por aderir ao sistema, temerosos por consequências que sequer irão acontecer. Por isso, elaboramos uma lista com alguns dos mitos que rodeiam esse assunto e os discutiremos a seguir.

A nuvem é segura?

Um dos principais argumentos dos detratores da nuvem de armazenamento é que o sistema seria inseguro. O fato dos dados transitarem através da internet os tornaria acessíveis aos hackers e a outros criminosos virtuais.

Mas é justamente o contrário. Quando armazenamos os dados localmente, temos a falsa segurança de que eles estão protegidos e, muitas vezes, não tomamos medidas para tal. O backup na nuvem é cercado de ferramentas de segurança, criptografia avançada e outros recursos feitos justamente para impedir esse problema.

Num armazenamento local, nem sempre os backups são realizados com a frequência e a quantidade necessárias, enquanto na nuvem há uma grande preocupação em fazer isso, já que os dados pertencem a terceiros e há um contrato de serviços controlando tudo.

A nuvem é confiável?

Da mesma forma que muitos temem o roubo de dados quando a nuvem de armazenamento é usada, também existe muito receio sobre o acesso indevido à informação. Muitas pessoas acham que colocar suas fotos pessoais na nuvem seria deixá-las a vista para qualquer um olhar. O fato é que o backup na nuvem é tão seguro, senão mais, do que serviços rotineiramente usados como uma conta de e-mail, por exemplo.

Os dados são criptografados e há toda uma política contratual protegendo-os.

A nuvem é cara?

Quando alguém diz estar pensando em adquirir um serviço em uma nuvem de armazenamento, imediatamente surgem aqueles que dizem que isso é uma loucura, que esses serviços são muito caros e totalmente inviáveis.

O surgimento de novas empresas no ramo vem gradativamente aumentando a competitividade entre essas empresas, oferendo mais opções aos usuários. Essa mesma competição entre diferentes serviços de backup na nuvem também está aumentando a qualidade e diminuindo os preços.

Hoje já é bem acessível adquirir o serviço.

A nuvem só serve para grandes empresas?

Outro mito bastante comum é imaginar que o backup na nuvem é algo tão do outro mundo, tão tecnologicamente avançado, que apenas as grandes companhias podem se beneficiar do serviço.

Utilizar a nuvem de armazenamento é, primeiramente, uma forma de proteger seus dados, mas também uma forma de torná-los acessíveis por vários usuários ao mesmo tempo.

A velocidade e o dinamismo obtidos irão representar economias capazes de pagar com sobra o investimento, isso quando não acontecerem de forma direta, como no caso do compartilhamento de acessos a aplicações com licenças limitadas. Só o que deixa de gastar com licenças a mais já cobre a nuvem tranquilamente.

A nuvem é complexa?

Muitos usuários preferem fazer uso de discos rígidos externos ou pen drives sob o argumento que a nuvem de armazenamento é algo de alta complexidade, inviável para usuários domésticos ou empresas pequenas sem um departamento de TI dedicado.

Para os usuários domésticos, já existem serviços de backup na nuvem ridiculamente fáceis de serem instalados, configurados e administrados. Não é preciso ser nenhum geek para se beneficiar com o sistema.

Para o caso de empresas, principalmente, daquelas com quantidades grandes de informação, é claro que o processo é um pouco mais complexo, mas isso é apenas um dia de trabalho normal para os respectivos departamentos de TI.

A nuvem é só para servidores?

Apesar de existirem serviços de storage na nuvem, eles representam uma pequena porcentagem dos dados que trafegam pela nuvem de armazenamento. Boa parte dos dados circulando pela nuvem é oriunda de dispositivos móveis.

Cada vez mais smartphones e tablets estão sendo comercializados com capacidades pequenas de armazenamento interno, afinal é muito mais fácil, prático e seguro optar pelo backup na nuvem e manter os arquivos protegidos em caso de quebra ou roubo desses aparelhos.

Computação em nuvem dispensa time local de TI?

Infelizmente não. Apesar de uma parte dos serviços ser transferida para um provedor externo, o ambiente interno ainda precisará de cuidados contínuos. Existirão terminais acessando os dados originários da nuvem de armazenamento e outros periféricos importantes para o funcionamento de uma empresa.

Todo o sistema de comunicação com o mundo externo, incluindo os links de internet por onde os dados entram e saem, assim como equipamentos internos mais simples como impressoras, ainda precisarão de manutenção.

A equipe talvez possa ser um pouco mais enxuta com a transferência de parte dos serviços, mas não se está transferindo todo o negócio com o backup na nuvem, apenas uma parte dele.

A nuvem vai pegar definitivamente?

Já pegou! A utilização da nuvem para diversos tipos de negócio já deixou de ser uma tendência ou uma aposta. A nuvem de armazenamento, apesar de parecer recente já é uma realidade consolidada e não irá acontecer uma repentina volta aos sistemas locais.

Para aqueles que ainda estão com receio de investir em algo que, talvez não dê certo, é hora de abrir os olhos porque quem deixa de utilizar esse serviço está se tornando rapidamente antiquado.

Até mesmo os usuários locais que ainda dependem de mídias físicas externas como pen drives ou discos rígidos ao invés de realizarem o backup na nuvem já estão sendo considerados datados pelo mundo de TI.

O melhor meio de deixar esses e outros mitos para trás e estar sempre bem informado. O mundo da tecnologia é dinâmico e muda rapidamente seus conceitos.

Para saber mais sobre a computação em nuvem e tirar todas as suas dúvidas restantes, sugerimos que baixe o e-book .

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *